Escolha uma Página
Ao saudar os novos oficiais generais em solenidade realizada nesta quinta-feira (7) no Quartel General do Exército, o Chefe do Estado Maior e segundo na hierarquia da Força Terrestre, General Sérgio Westphalen Etchgoyen, alertou aos recém promovidos sobre a realidade que encontrarão ao assumirem seus novos postos. 
“Internamente, encontrarão a família militar duramente atingida pela penosa situação de seus vencimentos, frustrada ao ver prematuramente consumido pelo retorno da inflação o plano quadrienal de reajuste”, disse.
O quadro que aguarda os novos comandantes, segundo o general, inclui uma redução orçamentária que remete a valores do início do século, que põe em risco a continuidade dos planos estratégicos da Força.
Ao referir-se a cena política, Etchegoyen alertou que o radicalismo das posições antagônicas ameaça trazer à cena política, como instrumento de pressão, ‘uma intolerável truculência moral e física’ . Sob esse cenário, as ações do generalato devem apontar para a preservação da estabilidade no País, sem afastar-se, ‘sequer minimamente’ dos limites legais.
Abaixo, você lê a manifestação na íntegra:

Skip to content