Escolha uma Página
Em visita a AMAN esta semana, o General Villas Bôas abordou alguns temas que circularam por aqui recentemente. Em sua maioria, as declarações do Comandante do Exército vêm ao encontro do que foi noticiado pelo Blog. Confiram:



Reajuste
Os 25,5% parcelados a partir de março ainda nem haviam sido oficializados e já foram adiados para agosto, pelo menos. Por enquanto, o assunto está só no ‘fio de bigode’. Não há nada publicado.
Reajuste diferenciado
Estudo prevê reajuste maior para capitães, segundos e terceiros sargentos.
Promoção de militares temporários
Confirmado. Os oficiais chegarão a capitão e os graduados a segundo sargento.
Tempo de serviço
Palavras escolhidas à dedo: a dilatação do tempo mínimo de permanência para 35 anos ‘é um projeto do governo’, mas não está em pauta ‘no momento‘.
Perdas da “MP do Mal”
Promoção ao posto acima, Licença Especial e anuênio? Esqueçam!!! Não voltarão.
Auxílio Moradia
As Forças Armadas estão empenhadas na volta da volta da indenização.  “Não desistiremos facilmente”, disse Villas Bôas.

Leia também

Os militares e os 35 anos de serviço: além do ‘boletim das baias’

Exército reduzirá turmas de formação na AMAN e escolas de sargentos. Temporários serão promovidos a capitão e segundo sargento

Reajuste dos militares ficou para o final de 2016, com índice maior para capitães, 2º e 3º sargentos.

Skip to content