Escolha uma Página
David Herold é matador do Primeiro Grupo Catarinense (PGC), facção que causa pânico em moradores de Santa Catarina
Ex-soldado do exército norte-americano é preso em Viamão Divulgação/Brigada Militar
Americano é apontado como matador de facção catarinenseFoto: Divulgação / Brigada Militar
Eduardo Torres
Viamão (RS) – Uma ação conjunta entre o 18º BPM, de Viamão, e a Polícia Militar de Santa Catarina resultou na prisão de quatro pessoas e na apreensão de dois adolescentes – todos catarinenses – em um sítio na Estrada da Pimenta, distrito de Águas Claras, em Viamão.
Entre os presos está David Beckhauser Santos Herold, o Americano. Ele serviu ao Exército dos Estados Unidos e, devido ao seu treinamento, é considerado um dos principais “especialistas” do Primeiro Grupo Catarinense (PGC), a facção criminosa que comanda crimes a partir das cadeias de Florianópolis, em Santa Catarina. Em outubro do ano passado, Americano foi denunciado por uma das execuções ordenadas pelo grupo.
De acordo com a Brigada Militar, o grupo não estava se escondendo no sítio de Viamão, mas criando um ponto de distribuição de drogas. O alerta teria partido do serviço de inteligência da PM catarinense, depois de dois meses de levantamento do grupo. Foram apreendidos 1,5 quilo de maconha e 10 comprimidos de ecstasy.
ZH/montedo.com
Skip to content