Escolha uma Página
Corpo encontrado em Itabirito é da tenente desaparecida há seis meses
Após seis meses de buscas, a família da tenente da Aeronáutica Mírian Tavares, de 42 anos, foi informada de que o corpo encontrado no último dia 12 de novembro em Itabirito, na região Central de Minas Gerais, é o da oficial. Desaparecida desde o dia 3 de maio deste ano, a mulher foi identificada pelas digitais, segundo o irmão Rique Tavares.
Ainda segundo o homem, o corpo deve ser liberado até a próxima sexta-feira (28), após a autópsia ser finalizada. O irmão da tenente informou que vai ficar em Varginha, no Sul de Minas, até a liberação. A delegada Talita Lane, da Delegacia Especializada em Localização de Pessoas Desaparecidas, também confirmou a informação. De acordo com ela, em até 30 dias o resultado da autópsia será divulgado, com as possíveis causas da morte.
No último dia 12 de novembro, o carro da tenente foi localizado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) em uma ribanceira às margens da BR-356, próximo à Serra de Itabirito. A cerca de 50 metros do veículo, uma ossada foi encontrada, porém com parte do corpo ainda em estado de decomposição. Os documentos de Mírian também foram encontrados próximos ao veículo.

Leia também:
Tenente da Aeronáutica desaparecida passa a ser procurada pela Interpol

A tenente foi vista pela última vez no dia 3 de maio, no bairro Prado, região Oeste de Belo Horizonte. Há sete anos ela morava com uma amiga na Capital e trabalhava no Exército Brasileiro. Em dezembro, conseguiu transferência para a Aeronáutica.
Na época, uma carta foi encontrada, destinada pela família. No texto, ela dizia que estava muito deprimida e iria para a estrada, pois gostava muito de viajar. A polícia investiga as últimas ligações feitas no celular da tenente, deixado na casa, e a conta bancária.
Bhaz/montedo.com
Skip to content