Escolha uma Página
Sargento do Exército e mais quatro são presos por vender ingressos para Brasil e Holanda no DF
Militar vendia ingressos por preços 15 vezes maiores que o normal (Imagem: Estádio Mané Garrincha/Veja)
Junto com eles, foram apreendidos mais de R$ 25 mil e notas de euro e dólar. No momento da detenção, o sargento portava munição de uso restrito. Uma alfaiataria era utilizada como escritório da quadrilha.
Outro homem do grupo já havia sido preso durante a Copa das Confederações pelo mesmo motivo, mas foi liberado pela polícia. Os ingressos eram vendidos por preços até 15 vezes maiores que o normal.
Agentes acreditam que eles movimentaram cerca de R$ 200 mil durante o Mundial. Os presos vão responder por formação de quadrilha, venda ilegal de ingressos e porte de arma, mas poderão pagar fiança. O sargento, no entanto, não poderá ser liberado, pois o uso de munição restrita é inafiançável, segundo a Polícia.
CBN/montedo.com
Skip to content