Escolha uma Página
Foram mobilizados cerca de 200 homens do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Enchente é a maior em 30 anos
Viaturas do Exército no socorro aos desabrigados em Itaqui, fronteira com a Argentia (Imagem: FB Fanzine Itaqui Oeste)
O Ministério da Defesa, por meio do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), está coordenando as ações de apoio aos desabrigados e vítimas das enchentes que tem atingido a região Sul do País. O apoio ocorre por meio do Exército Brasileiro, que está auxiliando a Defesa Civil no resgate e socorro da população ribeirinha de áreas alagadas.
Foram mobilizados cerca de 200 homens de unidades militares dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Além disso, a Força Terrestre está empregando viaturas de tração, caminhões e botes para retirar moradores isolados. Os militares ainda apoiam na triagem de donativos e distribuição de alimentos e gêneros de primeira necessidade.
A ajuda do Exército no Rio Grande do Sul acontece no norte e noroeste do estado, nas cidades de Porto Mauá, Porto Xavier, Porto Vera Cruz, São Borja, Frederico Westphalen e Iraí. Em Santa Catarina, os militares estão presentes nas cidades de Porto União, Mafra e Lajes. E no Paraná, o apoio está sendo prestado em União da Vitória, São Mateus do Sul, São João do Triunfo, Rio Negro e região metropolitana de Curitiba.
As fortes chuvas na Região Sul elevaram consideravelmente o leito de rios que compõem a bacia do Uruguai em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. A enchente que atinge o Rio Grande do Sul e o oeste catarinense é a maior em 30 anos.
Fonte: Ministéro da Defesa.
Portal Brasil/montedo.com
Skip to content