Escolha uma Página

Suspeitos de matar militar da Aeronáutica são presos no PA
Sargento da Aeronáutica foi assassinado na última segunda-feira, 5.
Polícia apura envolvimento do grupo em assaltos e homicídios na RMB.

Suspeitos de matar militar da Aeronáutica são presos no PA (Foto: Ascom/Polícia Civil)
Polícia apreendeu objetos roubados e uma arma em poder do grupo. (Foto: Ascom/Polícia Civil)

Do G1 PA
Quatro pessoas foram presas em flagrante nesta quarta-feira (7) suspeitas de envolvimento com assaltos praticados em Castanhal, no nordeste do Pará, e de acordo com a Polícia Civil, também seriam responsáveis pelo assassinato do sargento da Aeronáutica Rubens Silva Cristo, na última segunda-feira (5) em Icoaraci, distrito de Belém. A Polícia Civil investiga a participação do grupo em outros assaltos e homicídios na Região Metropolitana de Belém.
“A esposa da vítima (sargento da Aeronáutica) e testemunhas do crime estiveram na sede da Superintendência da Polícia Civil, em Castanhal, onde reconheceram os presos como as mesmas pessoas que cometeram o assalto que resultou na morte do militar”, explicou o delegado Luís Xavier, de Castanhal. A Polícia apura o envolvimento do grupo com outro homicídio, cometido na última segunda no bairro do Sideral, em Ananindeua.
O grupo foi perseguido por policiais militares após o assalto a uma residência em Castanhal, mas só foi abordado em Marituba, na região metropolitana de Belém. Dentro do veículo do grupo, os policiais apreenderam objetos roubados durante o assalto, como um televisor e aparelhos celulares, além de um revólver de calibre 38 em poder dos suspeitos.
Os policiais constataram que se trata de um veículo roubado, e os quatro vão responder pelos crimes de roubo qualificado, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo. Eles estão recolhidos no Centro de Recuperação Regional de Castanhal à disposição da Justiça.

Skip to content