Escolha uma Página
Material foi produzido fora das regras ou estava vencido, e poderia ser distribuído a quadrilhas
Militares encontraram 8.554 detonadoresRecord Minas
Operação de combate a material explosivo irregular levou o Exército a apreender 1.685 kg de dinamite em Minas até esta quarta-feira (30). A Operação Dínamo teve início na terça-feira (29) em todo o País, como orientação do Ministério da Defesa para conter a distribuição de material irregular às vésperas da Copa do Mundo.
Segundo balanço divulgado pelo Exército, foram vistoriadas 56 empresas em todo o Estado. Destas, 13 receberam notificações por irregularidade. Os militares, em parceria com o Gate ( Grupo de Ações Táticas Especiais) da Polícia Militar, encontraram ainda 87.115 metros de cordel para detonação e 8.554 acionadores.
O tenente-coronel Marcus Messeder explica os riscos de explosivos fora das especificações legais, como material vencido e produzido clandestinamente.
— O produto quimico com suas propriedades alteradas perde suas características, perdendo a previsibilidade do que pode acontecer com eles.
Além disso, há o risco de distribuição para quadrilhas que explodem caixas eletrônicos.
R7/montedo.com
Skip to content