Escolha uma Página
Força de pacificação foi alvo de suspeitos em quatro ocasiões distintas.
Não houve feridos e ninguém foi detido; criança foi usada como escudo.

Do G1 Rio
A Força de Pacificação informou nesta segunda-feira (21), que trocou tiros em três momentos distintos com criminosos no Conjunto de Favelas da Maré, na Zona Norte do Rio: às 19h30 deste domingo (20), 5h20 e 5h30 desta segunda. Segundo nota, o Exército intensificou o patrulhamento na comunidade Vila dos Pinheiros com a finalidade de coibir as ações ilícitas do crime organizado na região.
Na mesma comunidade, por volta das 5h, também desta segunda, um suspeito pilotando uma motocicleta realizou um disparo de pistola contra as tropas da Força de Pacificação. Neste evento, os militares informaram que não responderam à agressão, pois o criminoso empregou crianças como escudo para se proteger.
Ainda de acordo com a Força de Pacificação, o emprego maciço da tropa provocou a reação dos criminosos. Não houve feridos, e ninguém foi detido na ocasião.
Dois detidos
A Força de Pacificação informou ainda que, por volta das 17h deste domingo, também na Vila dos Pinheiros, um homem foi detido por estar com mandado de prisão em aberto por associação ao tráfico. Por volta da 1h40, em Ramos, foi detido outro homem por invasão de domicílio.
Missa
Às 9h, na Igreja Batista do Parque União, foi realizado um culto comemorativo à Páscoa, com participação de moradores e militares da Força de Pacificação.
O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, celebrou uma missa, às 18h, na Paróquia Sagrada Família, na comunidade da Nova Holanda, com a participação de moradores e integrantes da Força de Pacificação Maré. Em seguida, foi realizada a Passeata da Paz nas ruas da comunidade.
G1/montedo.com
Skip to content