Escolha uma Página
Sgt Thiago Meller avisa: Para me vencer, vai ter de me matar
Entrevista exclusiva com Thiago “Minu” Meller
O 2º Sargento do Exército Brasileiro, Thiago “Minu” Meller, aprendeu ao longo dos treze anos de carreira militar a ser perseverante e nunca desistir de alcançar os objetivos apesar das dificuldades. O atleta da equipe Boxer MMA disse em entrevista ao blog Mano a Mano que a rotina de trabalho e treinamento é dura, porém prazerosa.
“Eu continuo sim na ativa. É muito difícil conciliar as 8 horas diárias no Exército e os treinamentos, porém, lutar é algo que eu amo e, apesar das dificuldades, me dá muito prazer em treinar e competir”.
Thiago, que teve o primeiro contato com os esportes de combate por meio do Karatê de Contato, possui dezoito vitórias em vinte e três lutas e se sente numa batalha real quando entra no ringue, onde não desiste de vencer. “Com certeza, ali dentro do cage, sinto que para o meu adversário me ganhar vai ter que me matar [risos]. Não entrego fácil”.
A partir do Karatê, Meller experimentou outras modalidades e foi graduado faixa preta de jiu-jitsu, recebeu o grau preto no Muay Thai e ostenta a faixa roxa de judô. O atleta aliou o invejável currículo ao árduo trabalho e recebeu a oportunidade de fazer a luta principal do XFC – evento que marca o retorno do MMA à RedeTV!.
Na entrevista que segue, Thiago Minu fala da importância do confronto contra o americano Clay French, ex-lutador do PrideFC, e espera obter o almejado sucesso com a transmissão do espetáculo em canal aberto para todo o País.
BLOG MANO A MANO: Como surgiu a oportunidade de lutar no XFC e qual é a sua expectativa por estar fazendo a luta principal do evento?
Surgiu a oportunidade através de um empresário de MMA que conhece meu trabalho pessoalmente, disse que o evento estava procurando um lutador com o meu perfil e com experiência internacional. A expectativa é a melhor possível, lutar em um dos maiores eventos de MMA do mundo, e ainda por cima estrear nele fazendo a luta principal da noite, é muito legal.
BLOG MANO A MANO: O evento será transmitido ao vivo pela RedeTV. Essa é a maior oportunidade de mostrar o seu trabalho como lutador?
Apesar de eu ter lutado em todos os continentes, tem muita gente que ainda não conhece meu trabalho, e será uma oportunidade sem igual. A RedeTV foi praticamente a precursora do MMA na TV aberta do Brasil, e agora está iniciando um trabalho com eventos ao vivo na TV Aberta e tem tudo para ser um sucesso absoluto.
BLOG MANO A MANO: Qual é a sua análise sobre o seu adversário?
Conheço meu adversário e o vejo como um atleta duríssimo, muito difícil de ser batido. Ele já lutou no até então maior evento do mundo, o extinto PRIDE, lutou contra diversos adversários muito qualificados, tendo vencido alguns. No entanto, eu, juntamente com a minha equipe, estamos estudando o jogo dele para nos levar a vitória.
Confira o card principal, que terá transmissão a partir das 0h30min (horário de Brasília)
Luta Principal: Peso Leve (70.3 kg)
Thiago “Minu” Meller (Brasil) X Clay French (Estados Unidos)
Co-luta principal: Peso Pena (65.7 kg)
Fernando Vieira (Brasil) X Marcelo Rojo (Argentina)
Peso Leve (70.3 kg)
Gilson Lomanto (Brasil) X Daniel Salas (México)
Peso Mosca Feminino (56.7 kg)
Bianca Daimoni (Brasil) X Silvana Juarez (Argentina)
CARD PRELIMINAR
Peso Leve (70,3Kg) Glaucio Eliziario (Brasil) x Jonathan Ortega (Chile)
Peso Leve (70,3Kg) Natan Schulte (Brasil) x Giovanni Arroyo (Equador)
Peso Leve (70,3Kg) Alan dos Santos (Brasil) x Cristiano Estela (Peru)
Peso Mosca Feminino (56,7Kg) Daiana Torquato (Brasil) x Mayelin Rivas (Venezuela)
Peso Leve (70,3Kg) Alex Franco (Brasil) x Marcos Rosa Mariano (Brasil)
Siga o blog Mano a Mano no [email protected]
Terra/montedo.com
Skip to content