Escolha uma Página
Militares alemães no Afeganistão
Alemanha planeja creches em quartéis e jornadas parciais nas forças armadas
Berlim, 12 jan (EFE) – A ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, antecipou neste domingo uma série de inovadoras medidas para fazer com que os soldados possam conciliar sua vida pessoal e familiar, como a possibilidade de trabalharem em tempo parcial e a criação de creches nos quartéis.
Mãe de sete filhos e considerada por muitos analistas políticos como uma provável sucessora da chanceler alemã, Angela Merkel, Von der Leyen antecipou seus planos em entrevista ao jornal “Bild”.
“Meu objetivo é fazer com que as forças armadas sejam um dos empregadores mais atrativos da Alemanha. O tema mais importante é a conciliação do serviço e a família”, declarou a ministra, que também já chefiou a pasta de Trabalho.
Uma das primeiras medidas que planeja é a possibilidade de que os filhos dos soldados sejam atendidos por babás nos próprios quartéis com fórmulas flexíveis.
“Temos para isso uma grande vantagem, já que em muitos quartéis há espaço”, destacou.
Segundo ela, tem que ser possível também para um profissional das forças armadas, por exemplo, desfrutar de uma semana de três ou quatro dias laborais sem que represente prejudicar sua carreira ou transformar as horas extras trabalhadas em horas livres para estar com os filhos ou os pais.
Von der Leyen apontou também sua intenção de limitar as transferências obrigatórias e automáticas de destino para não prejudicar suas famílias. 
EFE/montedo.com
Skip to content