Escolha uma Página
Dassault lamenta escolha de caças feita pelo Brasil
A Dassault Aviation lamentou a escolha para compra de aviões feita nesta quarta-feira pelo Brasil, que após mais de dez anos, escolheu caças suecos para a FAB (Força Aérea Brasileira). A aeronave sueca Saab Gripen NG foi a vencedora do processo de concorrência para aquisição de aviões de caça ao invés Rafale, e foi considera inferior à aeronave francesa pela Dessault.
“Lamentamos que a escolha seja o Gripen, dotado de muitos equipamentos de origem de terceiros países, especialmente norte-americanos, que não têm a mesma categoria que o Rafale, monomotor e mais leve. O Gripen não é equivalente em termos de vantagens e, portanto, de preço”, comentou a fabricante francesa em um comunicado publicado na noite desta quarta-feira.
O ministro da Defesa, Celso Amorim, e o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, convocaram uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira para divulgar oficialmente o resultado da licitação.
BOA Informação/montedo.com
Skip to content