Escolha uma Página
13/12/13
Soldado do Exército é atropelado e jogado contra barra na BR, em RR
Vítima bateu na barra de proteção da rodovia e lesionou braço esquerdo (Foto: Marcelo Marques/ G1 RR)
Vítima bateu na barra de proteção da rodovia e lesionou braço esquerdo (Foto: Marcelo Marques/ G1 RR)
Motorista de carro preto é suspeito de ter atropelado e fugido do local.
Vítima teve grave lesão em um braço ao se chocar com barra de proteção.

Marcelo Marques
Do G1 RR
O soldado do Exército Anauan Araújo de Sousa, de 21 anos, foi atropelado por um carro não identificado na BR 174 na noite desta sexta-feira (13), no bairro Nova Cidade, zona Sul de Boa Vista. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima transitava em uma motocicleta quando foi atingida pelo veículo. O motorista fugiu sem prestar socorro. O jovem teve fratura exposta no braço esquerdo.
A PRF informou que uma testemunha que estava próximo ao local do acidente viu como tudo ocorreu.
“Uma mulher disse que o carro vinha atrás do motociclista e o atropelou, fugindo logo em seguida. Ela não conseguiu ver a placa do veículo que provocou o acidente, porque foi tudo muito rápido”, destacou um inspetor da PRF.
Segundo ele, após ser atingido pelo veículo, o motociclista se chocou com a barra de proteção da rodovia. “O ferimento foi grave. Ele foi atendido por uma equipe do Resgate do Corpo de Bombeiros”, disse.
O irmão da vítima relatou que o soldado retornava de uma granja do Exército, onde ele é trabalha, localizada na BR 174 e iria para casa. “Ele me ligou perguntando o que tinha para jantar, pois já estava saindo do trabalho e depois iria para a faculdade. O ferimento foi grave, mas acredito que o braço dele não precisará ser amputado”, ressaltou.
A vítima foi encaminhada ao Hospital Geral de Roraima. Por volta das 21h30, o irmão de Anauan informou à reportagem do G1 que ele estava consciente e estava quase descartada a possibilidade de amputação.
“Graças a Deus, isso não vai ser preciso. Um médico do Exército está acompanhando o meu irmão. Minha irmã, que é enfermeira, também está com ele”, afirmou.
Até a publicação desta matéria, o motorista que provocou o acidente não havia sido localizado.
G1/montedo.com
Skip to content