Escolha uma Página
Droga estava escondida no encosto de um ônibus que ia para o RJ.
Homem foi encaminhado para a cadeira de Presidente Venceslau.
Remédios estavam em uma pochete escondida embaixo da poltrona (Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação)
Do G1 Presidente Prudente
Um sargento da Marinha de 33 anos foi preso em flagrante com 1,2 quilos de cocaína, anabolizantes e diversos remédios de uso proibido no Brasil. Ele era passageiro de um ônibus que passava pela base da Polícia Rodoviária, em Presidente Venceslau, e foi fiscalizado por volta das 18h30 desta sexta-feira (14).
O veículo ia de Campo Grande (MS) para o Rio de Janeiro (RJ) pela Rodovia Raposo Tavares. “Durante vistoria no interior do coletivo, foram localizados, escondidos dentro dos encostos das poltronas 35 e 36, dois invólucros contendo cocaína, que após pesados totalizoram a quantidade de 1,279 quilos da droga”, informa nota da polícia.
Na sequência, embaixo de uma poltrona, foi encontrada um pochete com diversos medicamentes: 20 caixas de ampolas de durabolim, quatro caixas de testovirom, cinco ampolas de winstrol – todos anabolizantes – e 28 comprimidos de cytotec, medicamento abortivo.
Depois de entrevistar alguns passageiros, foi constatado que a droga e os remédios, de acordo com a Polícia Rodoviária, pertenciam ao sargento, que não teve o nome divulgado.
Ele foi preso por tráfico de drogas e contrabando de medicamento e encaminhado à delegacia, onde teve a prisão ratificada e foi levado à cadeia de Presidente Venceslau, onde permanece à disposição da Justiça.
G1/montedo.com
Skip to content