Escolha uma Página
Missões humanitárias do Exército dos EUA ameaçadas por cortes, segundo general
Foto: Lance Cpl. David N. Hersey/ US Marines
EUA enviando ajuda humanitária para as Filipinas (Foto: Lance Cpl. David N. Hersey/ US Marines)

AFP – Agence France-Presse

Os cortes no orçamento podem comprometer a capacidade do exército dos Estados Unidos em empreender operações militares humanitárias similares à realizada nas Filipinas após o tufão da semana passada, disse neste sábado o chefe do corpo de Marines.
A Armada norte-americana mobilizou cerca de uma dezena de barcos para a costa das Filipinas, incluindo um porta-aviões, enquanto mais de 600 marines desembarcaram nas áreas afetadas pelo tufão e serão reforçados com outros mil nos próximos dias, disse o corpo de elite do exército.
Durante coletiva de imprensa sobre temas de defesa em Simi Valley (Califórnia), o general James Amos disse que teme pelas futuras missões humanitárias do exército em razão da carência de meios para realizá-las.
“Acredito que nossos problemas virão de nossa capacidade ou não de contar com fundos suficientes para mobilizar os barcos”, disse e informou que o orçamento para treinamentos para esse fim já está sendo cortado.
O Pentágono, que em 2012 teve que enfrentar cortes automáticos de 37 bilhões de dólares em seu orçamento, com o desacordo do Congresso sobre a dívida, deverá sofrer novas reduções em 2014, desta vez de 52 bilhões de dólares, 10% de seu orçamento global, que afetarão fundamentalmente os rumos do treinamento e manutenção das equipes.
ESTADO DE MINAS/montedo.com
Skip to content