Escolha uma Página
Port-Au-Prince, 17 nov (Lusa) – A Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) expressou, este sábado, a sua profunda preocupação relativamente aos recentes incidentes de violência em várias cidades do país.
Em comunicado, a chefe da Minustah, Sandra Honoré, diz estar preocupada com “o ressurgimento dos atos de violência e assassínios nos bairros de Cité Soleil e outras zonas do país”
“Esses atos criminosos merecem especial preocupação porque colocam em perigo a segurança de todos e a paz social que o Haiti precisa para avançar no caminho do fortalecimento do Estado de Direito e do desenvolvimento socioeconómico”, assinalou.
EXPRESSO /montedo.com
Skip to content