Escolha uma Página
Exército destrói mais de mil armas de fogo que foram apreendidas no TO
Destroços serão enviados para Brasília e usados em siderúrgica.
Outras 261 armas já foram destruídas no meio do ano, segundo coronel.
Armas de fogo e munições foram apreendidas em todo o Tocantins (Foto: Divulgação/22º Batalhão de Infantaria)
Armas de fogo e munições foram apreendidas em todo o Tocantins
(Foto: Divulgação/22º Batalhão de Infantaria)
Do G1 TO, com informações da TV Anhanguera
O Exército no Tocantins destruiu 1.039 armas de fogo e 5.380 munições que estavam em poder da Justiça, na manhã desta sexta-feira (8), em Palmas. Segundo o coronel Roberto Adriano Dorneles de Matos, comandante do 22º Batalhão de Infantaria de Palmas, as armas foram apreendidas em todo o estado, desde o início do ano. “Umas nós levamos no meio do ano para Brasília, foram 261 armas, e essas 1.039 serão levadas agora de imediato”, afirma o coronel.
Ainda de acordo com o coronel, antes de destruir as armas, a Justiça precisa liberá-las e somente após esses trâmites que a ação pode ser realizada. “Nós fazemos a pré-destruição para evitar que as armas retornem à sociedade. Depois disso nós as levamos para Brasília e lá elas são destruídas definitivamente nos fornos de siderúrgicas que são licitadas pelo Exército.”
G1/montedo.com
Skip to content