Escolha uma Página
Atualização: 02 nov/0:30h
Soldado de MS morre em missão de paz no Haiti, diz Exército Brasileiro
Jovem de 21 anos morreu nesta sexta-feira no Batalhão de Infantaria.
Circunstâncias da morte serão investigadas pela ONU e Exército.

Do G1 MS
Um soldado brasileiro, de 21 anos, que estava em missão de paz no Haiti, morreu na madrugada desta sexta-feira (1º) no Batalhão de Infantaria de Força de Paz do 18º Contingente Brasileiro (BRABAT 18), que atua naquele país. A informação foi repassada ao G1 pelo Exército Brasileiro.
O Comando Militar do Oeste (CMO) em Campo Grande não divulgou detalhes do óbito e, por meio de nota, informou que as circunstâncias da morte serão investigadas pelo Exército Brasileiro e pela Organização das Nações Unidas (ONU). Segundo o CMO, os familiares do soldado foram informados do falecimento e estão recebendo assistência médica, psicológica e espiritual.
O militar estava no Haiti desde maio 2013, quando passou a integrar o Esquadrão de Fuzileiros da Força da Paz no Haiti. Desde 2011, o soldado fazia parte do efetivo do 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado (11º RC Mec) de Ponta Porã, a 346 km de Campo Grande.
G1/montedo.com


Nota do Comando do 11º Regimento de Cavalaria Mezanizado (Ponta Porã – MS)

NOTA

É com pesar que o 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado informa o falecimento do Soldado Geraldo Barbosa Luiz, destacado para integrar o Esquadrão de Fuzileiros Mecanizado de Força de Paz, do Batalhão Brasileiro, em missão na República do Haiti.
O falecimento ocorreu em razão de um disparo de fuzil 7,62 mm PARA-FAL, por volta da 01:00h (horário de Campo Grande – MS) do dia de hoje (01 Nov). As circunstâncias que envolvem o fato estão sendo apuradas pelo comando da MINUSTAH (Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti).
O Sd Geraldo morreu no cumprimento de seu dever, representando o 11º RCMec e o Exército Brasileiro em uma das mais nobres missões atribuídas a um militar, a manutenção da paz em uma região com graves problemas humanitários.
O comando, oficiais e praças do Regimento Marechal Dutra solidarizam-se com a família do referido militar, neste momento de dor, e apresentam suas condolências.
Ponta Porã, MS, 1º de novembro de 2013.
Paulo Roberto da Silva Gomes Filho – Tenente Coronel
Comandante do 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado

Skip to content