Escolha uma Página
Danilo Macedo
Brasília – A presidenta Dilma Rousseff nomeou o general Fernando Azevedo e Silva para o cargo de presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO). O órgão é um consórcio que coordena a atuação dos governos federal, do estado e do município do Rio de Janeiro na preparação do país para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, garantindo o cumprimento das obrigações determinadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).
A nomeação de Fernando Azevedo e Silva foi publicada hoje ontem (31) no Diário Oficial da União, após a indicação da Presidência da República ser aprovada pelo Senado por 46 votos a 7. O ex-presidente da APO, Márcio Fortes, foi exonerado a pedido no dia 15 de agosto. Ex-ministro das Cidades no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele tinha assumido o comando da entidade em julho de 2011.
A mensagem de indicação de Fernando Azevedo e Silva foi enviada pela presidenta Dilma para apreciação do Senado no início do mês. No dia 16, o plenário aprovou o nome do general do Exército, que era diretor do Departamento do Desporto Militar do Ministério da Defesa e integra o Conselho Nacional de Esporte. Azevedo e Silva foi responsável pela preparação das equipes militares do Brasil durante os 5º Jogos Mundiais Militares, no Rio de Janeiro, em 2011.
Nos 5º Jogos Mundiais Militares, ele esteve à frente da Comissão de Desportos do Exército e foi nomeado, em seguida, presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil, subordinada à Secretaria de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa. Por três anos, o general comandou o Centro de Capacitação Física do Exército, no Rio de Janeiro.
Agência Brasil/montedo.com
Skip to content