Escolha uma Página
Área ‘cinza’ será discutida no Conselho Nacional de Segurança.
China multiplicou incursões nas águas territoriais das Ilhas Senkaku.

Da France Presse
‘Zona Cinza’ é disputada por Japão e China (Imagem: Poder Naval)
O ministro japonês da Defesa, Itsunori Onodera, disse nesta terça-feira (29) que as incursões marítimas chinesas nas águas territoriais japonesas em torno das Ilhas Senkaku ameaçam a paz na região.
“Penso que as incursões da China nos territórios (águas territoriais) em torno das Ilhas Senkaku constituem uma zona cinza entre tempos de paz e uma situação de urgência”, afirmou Onodera à imprensa. “Esta zona cinza será discutida no Conselho Nacional de Segurança, que se reunirá em Tóquio”, acrescentou o ministro.
No sábado (26), por ocasião de um desfile das Forças de Autodefesa (SDF), o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, advertiu que Tóquio “não tolerará qualquer mudança pela força do status quo” do arquipélago.
Os chineses multiplicaram suas incursões nas águas territoriais das Ilhas Senkaku após a nacionalização do arquipélago, comprado pelo governo japonês de um proprietário particular em setembro de 2012.

Leia também:
EUA e Japão fazem exercícios militares perto da China

As Ilhas Senkaku – ou Diaoyu para os chineses – estão situadas 200 km a nordeste da costa de Taiwan – que também reivindica o arquipélago – e 400 km a oeste de Okinawa, no sul do Japão.
Além de sua posição estratégica, suspeita-se que há importantes reservas de petróleo na área.
G1/montedo.com
Skip to content