Escolha uma Página
RLUCENA
“Um, dois, três, os gringos são freguês!!” Não, não, não, ninguém gritou uma barbaridade dessas no domingo, em frente ao Pentágono, o icônico prédio em Washington, DC, que abriga o comando das Forças Armadas dos Estados Unidos.
Mas bem que alguém mais entusiasmado e bem-humorado poderia fazer a provocação, só na brincadeira, sem intenção de ofender. É que atletas brasileiros fizeram barba, cabelo e bigode em uma das mais tradicionais corridas organizadas pelo Exército dos EUA.
A 29ª edição da Army Ten Miler (Dez Milhas do Exército) teve a participação de mais de 35 mil atletas. Civis também correm na prova que começa e termina em frente ao Pentágono, mas a verdadeira competição é entre os representantes dos pelotões militares de diversos países –além do anfitrião, estiveram representados Brasil, Canadá, Alemanha e Etiópia.
E não deu para ninguém. O ex-gari e hoje terceiro sargento do Exército Brasileiro Solonei Rocha da Silva completou a prova em 48min04, tendo o flanco protegido pelo também terceiro sargento e maratonista olímpico Paulo de Almeida Paula, que fechou dois segundos mais tarde (na foto abaixo, de Divulgação, a chegada de Solonei com Paulo um pouco mais atrás).
O terceiro lugar também foi verde-amarelo: o soldado do Exército Brasileiro e campeão da maratona do Pan do Rio-2007 Frank Caldeira terminou a prova em 48min08.
E não é que eles estivessem competindo contra militares gordinhos e pouco treinados. Para você ter uma ideia, a Etiópia mandou Tesfaye Girma, que tem 1h00min35 na meia maratona, e Tesfaye Sendeku, que tem 1h03min09 na mesma distância. No time dos EUA correu ninguém menos que o irmão do recordista Bernard Lagat, Robert Cheseret, que nasceu no Quênia, naturalizou-se americano e entrou para o Exército em 2009.
Essa foi a sétima participação e o quarto título da equipe brasileira na competição. A vitória neste ano estabelece novo recorde por equipe: 3h14min44 (somam-se os tempos dos quatro mais bem colocados corredores de cada time).
Rodolfo Lucena/montedo.com
Skip to content