Escolha uma Página
Soldado do Exército é preso por corrupção de menores em Tabatinga
O soldado do Exército Julian Francisco Faia de Oliveira, 22, e Claudomir Teixeira Cacau Júnior, 22, foram presos na noite de segunda-feira (14) envolvidos em roubo, corrupção de menores e porte ilegal de arma de fogo no município de Tabatinga( a 1.108 km da capital).
O soldado do Exército é suspeito de fornecer um revólver calibre 38 para três adolescentes, sendo dois de 15 anos e um de 16 anos, para praticarem um assalto no último domingo (13) a um estabelecimento comercial localizado na rua Santos Dumont, bairro Dom Pedro 1, de Tabatinga, por volta das 19h.
No momento da fuga um dos adolescentes fez dois disparos. Um deles atingiu uma criança de seis anos de idade, que foi socorrida por populares e levada ao Hospital do Exército do município. O quadro de saúde da vítima é estável. Os adolescentes que participaram do roubo foram apreendidos na segunda-feira (14) e confessaram em depoimento o envolvimento de Clodomir e Julian no crime.
Por volta das 20h, Claudomir foi na rua da Pátria, bairro São Francisco. No local o suspeito informou onde estava a arma utilizada no crime contendo seis munições intactas, que estavam escondidas num travesseiro.
Claudomir e Julian foram autuados por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Julian também responderá por roubo majorado e corrupção de menores.
Claudomir foi caminhado para a Cadeia Pública de Tabatinga, onde irá aguardar julgamento. Julian foi conduzido para o 8º Batalhão de Infantaria de Selva (8º BIS), onde ficará à disposição da Justiça. Os adolescentes assinaram o auto de apreensão em flagrante de ato infracional e foram apresentados ao Ministério Público daquele município.
emtempo/montedo.com
Skip to content