Escolha uma Página
Milhares na última despedida ao general Giap
Presidente vietnamita Truong Tan Sang, à esquerda, chefes do partido comunista e os soldados carregam o caixão do
General Vo Nguyen Giap em Hanói (Imagem: Daily Mail)
por Lusa, publicado por Luís Manuel Cabral
Milhares de vietnamitas saíram hoje às ruas de Hanói para uma última homenagem ao general Vo Nguyen Giap, herói da independência que será hoje enterrado, chorando e rezando à passagem do cortejo fúnebre.
Um camião militar transportou o caixão envolto na bandeira vietnamita pelas ruas de Hanói.
Giap era o dirigente histórico comunista mais respeitado no Vietname, depois do fundador do Partido Comuinista vietnamita Ho Chi Minh.
Ignorando as críticas contra o partido no fim da sua vida, nomeadamente contra a corrupção, o regime decidiu oferecer-lhe um funeral de Estado.
Exibindo retratos do General Giap, multidão aguardava o corpo em seu local de enterro em Mui Rong, província de Quang Binh. Giap morreu em 4 de outubro aos 102 (Imagem: AP PrevNext)
Giap “é o general do povo e o seu nome ficará para sempre gravado na História da nação”, declarou à televisão o secretário-geral do Partido Comunista vietnamita, Nguyen Phu Trong, tendo considerado a sua morte como “uma grande perda” para o povo vietnamita.

Leia também:
Aos 102 anos, morre o General Giap, o “Napoleão Vermelho”

Considerado um dos mais importantes estrategas militares da história, apesar de não ter frequentado qualquer academia militar, este autodidata e ex-professor de História conseguiu com as suas táticas militares inovadoras derrotar militarmente franceses e norte-americanos no território do Vietname nas décadas de 50 e 70, um feito inédito.
DN GLOBO/montedo.com
Skip to content