Carreira: cinco coisas que você pode aprender com o exército

Sabia que algumas coisas que os soldados aprendem no exército podem ser utilizadas na sua carreira? Veja 5 conselhos do exércitos que podem ser úteis para você

5 coisas que você pode aprender com o exércitoUma missão não atingirá o sucesso ao menos que as pessoas trabalhem em equipe
O ambiente corporativo não é muito diferente de um campo de batalha. Concorrência, metas, objetivos. Tudo pode ser comparado com os mesmos obstáculos que os militares enfrentam. A seguir, confira 5 coisas que você pode aprender com o exército:
1 – Trabalho em equipe é prioridade
Uma missão não atingirá o sucesso ao menos que as pessoas trabalhem em equipe. Essa ideia também funciona muito bem no meio corporativo, onde o trabalho em equipe é essencial para atingir metas e objetivos.
2 – Seja ético
No ambiente de trabalho poucas pessoas trabalham com ética e até mesmo honra. Porém, no exército, essas duas qualidades são extremamente louváveis. Faça como os militares e seja ético durante a sua carreira.
3 – Mantenha a calma
Os militares são treinados para não perder a calma em situações problemáticas. Pegue o exemplo e não deixe as emoções afetarem o seu trabalho.
4 – Tempos difíceis
Novatos no mundo corporativo podem não gostar de situações difíceis, mas os militares sabem que tempos complicados são bons em alguns aspectos – ajuda as suas habilidades de adaptação e aceitação. Além do mais, problemas fazem você crescer e ficar mais preparados para outras dificuldades.
5 – Crie uma emboscada para os seus rivais
O segredo para emboscar os seus rivais é uma boa comunicação. Conheça todos os movimentos do jogo e mantenha o time unido. Dessa forma, os inimigos se perdem e você pode atacar.
uni>ersia/montedo.com

13 respostas

  1. MATÉRIA REALMENTE EXCELENTE, CONSELHOS EXCEPCIONAIS, INFELIZMENTE TAIS SITUAÇÕES HOJE JÁ ESTÃO ESCASSAS NO EXÉRCITO ATUAL, VIVEMOS UMA INVERSÃO DE VALORES. HOJE É TRISTE VER "CHEFES E COMANDANTES" OMISSOS E CARREIRISTAS QUE SE VENDEM EM TROCA DE MIGALHAS DESSE GOVERNO DE PETRALHAS.

  2. Carreira Militar? Isso só existe para oficiais. Vamos aos tópicos reais:
    1. Trabalho em equipe é prioridade – Minha equipe trabalha, sem meios, na base do se vira, só quero o pronto da missão. Se tudo der certo eu colho os louros, se der errado jogo pra cima do sargento que me auxilia.
    2. Seja ético. Como isso é muito subjetivo, e o mais importante é o conceito, vale mais o que se aparenta, do que aquilo que realmente se faz. Portanto a verdadeira ética é o sorriso certo na hora certa e o assessorar sempre concordando.
    3. Mantenha a calma: Isso é fácil, somos todos treinados para manter a imobilidade. É o único lugar no mundo onde a imobilidade é elogiada. Seja o bom cabrito.
    4. Tempos difíceis – Se tempos difíceis fizessem alguém crescer, os militares seriam gigantes, porque simplesmente não existe tempo bom.
    5. Criar emboscada para seus pares e subordinados. Isso tem garantido a muita gente algum progresso na carreira.

  3. Cara, eu passo meses sem vir aqui… e quando volto é sempre a mesma coisa… sargentos supercompetentes, bons para caramba, e oficias ignorantes, omissos, incompetentes… Mas o sonho de todo praça é ser oficial… Não tem um certo teor de falta de lógica?

  4. Pô!? Isso aqui é um site de piadas?
    Essa do sonho de todo praça é ser oficial, foi demais cara. Não consigo parar de rir. kkkkkkkkkkkk…

  5. MONTEDO SEI QUE O ASSUNTO AQUI PUBLICADO NÃO TEM NADA HAVER COM O QUE VOU COMENTAR, MAS POR FAVOR PUBLIQUE MEU COMENTÁRIO POIS CREIO EU ELE SEJA MAS UM DESABAFO COM ESSA TRISTE REALIDADE QUE OS INTEGRANTES DA FORÇA(PRAÇAS) ESTÁ PASSANDO.RECENTEMENTE A DCEM LIBEROU PARA TODOS OS MILITARES QUE POSSUEM TEMPO MÍNIMO DE GUARNIÇÃO, AS INSCRIÇOES NO PLANO DE NIVELAMENTO SEM PROPOSTA, QUE NADA MAIS É DO QUE O PLANO DE DIFÍCIL RECOMPLETAMENTO, POIS BEM, TODOS OS MILITARES QUE ESTÃO PASSÍVEL DE MOVIMENTAÇÃO RECEBERAM UM SOCO NO ESTÔMAGO COM AS OPÇOES QUE A DCEM DESPONIBILIZOU(A MAIORIA NO ESTADO DE SP E DO RS) NÓS COMO MILITARES SABEMOS QUE NOSSA CARREIRA TEM ESSA PECULIARIDADE QUE É A MOVIMENTAÇÃO PARA AS MAIS DIVERSAS REGIOES DO BRASIL, MAS O QUE ME DEIXA INDIGNADO É QUE O EB ESTÁ SE LIXANDO PARA O SER HUMANO POR TRAZ DA FARDA, OU SEJA, ELE MANDA O MILITAR PARA QUALQUER LUGAR DO BRASIL E NÃO QUER NEM SABER COMO ESSE MILITAR VAI SE VIRAR PRA SOBREVIVER, DIGO SOBREVIVER POIS PAGAR ALUGUEL CARO E TIRANDO ISSO DESSE NOSSO "FEUPUDO" SALÁRIO O MILITAR DEIXA DE VIVER E PASSA A SOBREVIVER. EU VEJO MUITO SE FALAR EM FAMÍLIA MILITAR, O EB DEVIA ABOLIR DO SEU VOCABULÁRIO A PALAVRA FAMILIA, POIS DA MANEIRA COMO ELE TRATA OS MILITARES, DESAGREGANDO UMA FAMÍLIA QUANDO TRANSFERE UM MILITAR PARA UMA CIDADE E ESTE NAO CONSEGUE LEVAR SUA FAMILIA PQ NESSA CIDADE O CUSTO DE VIDA É MUITO ALTO E ELA ACABA FICANDO PARA TRAZ. RECENTEMENTE FUI LEVAR NO AEROPORTO UM AMIGO QUE SERVIA AQUI NA MINHA CIDADE E FOI TRANSFERIDO PARA OSASCO(ELE FOI SOZINHO DEIXANDO A ESPOSA E UMA FILHA DE 5 ANOS E UM FILHO DE 2 ANOS) O REFERIDO MILITAR É 3° SGT E DEIXOU A FAMILIA AQUI PQ SABE QUE NAO VAI TER COMO MANTER ELA NUMA CIDADE COMO OSASCO. FIQUEI MUITO COMOVIDO AO VER AQUELA GAROTINHA GRITANDO NO SAGUÃO DO AEROPORTO PEDINDO AO PAI PARA QUE ELE A LEVASSE. ELE NAO CONTEVE AS LÁGRIMAS E CHOROU ABRAÇADO COM SUA FILHA. FICO ME PERGUNTANDO ATÉ QUANDO ISSO VAI SE PERDURAR, ATÉ QUANDO NOSSOS COMANDANTES VAO FAZER VISTA GROSSA PARA AS NECESSIDADES E ANSEIOS DA TROPA. OBRIGADO MONTEDO E ESPERO QUE PUBLIQUE ESTE COMENTÁRIO.

  6. MAS SE TU REALMENTE FILTRA OS COMENTÁRIOS, TIRA ESSAS COISAS DELIRANTES QUE O PESSOAL ESCREVE. TU FOSTE MILITAR DA ATIVA E CERTAMENTE SABE BEM O TIPO DOS QUE COLOCAM ESSES COMENTÁRIOS, ENTÃO O QUE ESTÁ HAVENDO CONTIGO COMPANHEIRO, ESSES CARAS SÓ DENIGREM A FORÇA COM ESSES COMENTÁRIOS CHULOS…

  7. Ao comentarista das 20:31 que fala das movimentações compulsórias. Concordo com tudo o que você expôs. O que mais causa indignação é que transfere um militar contra a vontade dele para determinado lugar e desse mesmo lugar retira outro militar, também contra a vontade, alegando necessidade de serviço. Ou seja, desagrega duas familias e não existe lógica em tirar um e trazer outro. Essa necessidade do serviço é uma situação covarde de transferir "porque sim", sem motivo. Deveria haver COMPROVAÇÃO da necessidade do serviço. Isso sim é transparência. Já vi militar ser movimentado COMPULSORIAMENTE para um hospital militar, sendo ele artilheiro e tendo que sair de um grupo de artilharia. Que necessidade do serviço é essa que retira um combatente do seu local correto para um hospital? Essas coisas DEVEM ser explicadas detalhadamente. Transparência não é só publicar quanto cada um recebe a titulo de proventos. Transparência é explicar o motivo dos gastos com pessoal, e essas movimentações são uma verdadeira farra com o dinheiro público, que tanta falta faz no nosso dia a dia dentro dos quartéis. Desculpe Montedo por debater fora do assunto do post, mas compactuo com o companheiro que tocou nesse assunto, pois é um dos fatores que mais atingem o que ainda resta da chamada familia militar.

  8. Ao combatente anônimo de 5 de setembro de 2013 17:27: "… Mas o sonho de todo praça é ser oficial…". 2 erros: não existe o PRAÇA e sim A PRAÇA. E em segundo lugar o sonho DAS PRAÇAS NÃO É SAIR OFICIAL E SIM SAIR DO EXÉRCITO. APRENDA SENHORES……

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo