Bandeira Nacional é apresentada na Escola de Comando e Estado-Maior dos EUA

BANDEIRA NACIONAL BRASILEIRA É APRESENTADA NA ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DOS EUA
Forte Leavenworth (Estados Unidos da América) – No dia 12 de agosto, a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército dos Estados Unidos da América realizou cerimônia de apresentação das Bandeiras Nacionais representativas dos 65 países que enviaram oficiais-alunos para matrícula na turma do segundo semestre de 2013.
O evento marcou o início das atividades curriculares, cuja aula inaugural foi realizada pelo Comandante do Centro de Armas Combinadas, General de Divisão David G. Perkins.
A Bandeira do Brasil foi conduzida pelo Major Leandro Oliveira do Amaral do Comando da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, que é o 305º oficial a frequentar o referido curso, do qual militares do Exército Brasileiro participam desde o ano de 1943.
DEFESANET/montedo.com

3 respostas

  1. Sou sargento da FAB, estou fazendo um curso longo no exterior e sei bem qual é a dificuldade de se sustentar (não digo financeiramente, mas intelectualmente) no estrangeiro. Mata-se um leão por dia, já que existem muitas dificuldades, como a língua, os costumes, a alimentação, o clima, a saudade da família. É nesse momento que admiro o oficial que vai aos EUA fazer esse curso de Estado Maior. Deve ser hot, muuuito hot!

  2. Ao anônimo de 21 ago 2013, 13:14, não se menospreze, pode ter certeza que as dificuldades são tão grandes ou ate maiores que as dos oficias, pois no EB o oficial antes de ir para o exterior em uma missão dessas fica meses treinado o idioma no CEP (Centro de Estudos de Pessoal) até ficar fluente no idioma, não sei se na FAB é assim também para com os sargentos. Sei que não é fácil para ambos, mas só de poder treinar e se dedicar ao idioma antes e já chegar o dominando é metade da guerra ganha. De qualquer forma parabéns a ambos, sucesso e que representem o Brasil muito bem.

  3. No meu caso avisaram 3 meses antes da viagem:"você vai fazer curso no exterior. Tome providências". Respirei fundo, enchi o peito e estou encarando o desafio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo