Exército verifica sistemas de segurança para a Copa no Paraná

Copa 2014
Comissão verifica sistemas de segurança para a Copa do Mundo
Os militares conheceram o sistema do serviço 156 e o Centro Integrado de Informações Estratégicas

militaresarena
Militares visitam a Arena do Atlético PR (Imagem: Jornale)
Os integrantes da Operação Pinheiral, do Exército Brasileiro, sob o comando do general Fernando Soares e Silva, da 5.ª Brigada de Cavalaria Blindada estiveram em locais estratégicos, na quarta-feira (31), identificando áreas de riscos e conhecendo Centro de Controle Operacional da Sanepar, Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná) e ICI (Instituto Curitiba de Informática). A avaliação faz parte da preparação de ações para a Copa do Mundo Fifa 2014.
Acompanhada pelo secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo 2014, Marivo Celso Cunha, a equipe foi recebidos pelo diretor do ICI, Carlos Ideo Hossaka. Os militares conheceram o sistema do serviço 156 que atendeu mais de 330 mil solicitações neste ano. Depois, conheceram o Centro Integrado de Informações Estratégicas, onde levantaram dados para planejamento de segurança.
Também acompanharam a visita os policiais militares tenentes Cezar Hoinatski e Rafael Simino, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), o agente da Polícia Federal Daniel José de Figueiredo, do Grupo de Pronta-Intervenção, além do representante da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Herman Cuellar.
Na Sanepar, o grupo conheceu o Centro de Controle Operacional e o sistema de abastecimento de água tratada de Curitiba e região metropolitana. Foram feitas apresentações pelo gerente-geral metropolitano da Sanepar, Celso Thomaz, pelo coordenador do CCO, Fábio Basso, e pela gerente de Produção, Rita Becher.
O general Soares avaliou que o sistema de controle do abastecimento público e o sistema de segurança, implantados pela Sanepar, são muito bons. “Em caso de ameaça ou risco, só vamos intervir se as condições de segurança ultrapassarem os limites da Sanepar e da polícia”, completou Soares.
Na Celepar, a comitiva conheceu em detalhes o sistema de dados do Centro Integrado de Informações Estratégicas. O diretor Lucio Alberto Hansel fez uma apresentação sobre o conceito de Business Inteligence (BI), que apresenta informações com interfaces gráficas, de fácil visualização e o Geographic Information System (GIS). O diretor comercial da Aceco TI, Fernando Tachibana, apresentou os detalhes dos três Datacenters, com uma área de 700 metros quadrados. “A segurança tem um papel prioritário na defesa da gestão de informação”, disse o comandante da Operação Pinheiral.
Mario Celso avaliou as visitas como mais um passo na área de segurança preventiva. “Este trabalho vai ajudar na preparação do mundial, mas principalmente deixar um legado no planejamento dos grandes eventos”, disse Cunha.
As visitas técnicas continuaram nesta quinta-feira (1.º) no Centro de Operação da Urbs (Urbanização de Curitiba) e no Aeroporto Internacional Afonso Pena.
VISITA
O coronel Edílson Silva de Oliveira, comandante do 5.º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado de Porto União, em Santa Catarina, apresentou nesta quinta-feira (1º) ao secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo 2014, Mario Celso Cunha, plano de trabalho para a segurança na Copa. “Vamos apoiar no que for necessário a Defesa Civil, com equipamentos, pontes móveis e tecnologia de engenharia”, informou o coronel.
O comandante estava acompanhado do capitão Ávila, comandante da 1ª Companhia do 5.º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado, além do tenente-coronel Edemilson de Barros, chefe da Divisão de Defesa Civil do Estado do Paraná, e do major Antonio Hiller, também da Defesa Civil.
BEM PARANÁ/montedo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo