EUA destroem equipamentos militares estimados em US$ 7 bi no Afeganistão

Material já não é necessário e ficaria muito caro enviá-lo de volta aos EUA
Os militares americanos destruíram mais de 77 mil toneladas de equipamentos – incluindo veículos de transporte de tropas antiminas – na preparação para a retirada do Afeganistão no final de 2014, reportou o jornal The Washington Post nesta quinta-feira.
Equipamentos militares no valor que supera os US$ 7 bilhões já não são necessários e ficaria muito caro enviá-los de volta aos Estados Unidos, razão pela qual estão sendo destruídos e o metal vendido como ferro-velho, informa o Post, citando fontes militares.
Doar o material ao governo afegão seria complicado por problemas burocráticos e, além disso, os oficiais americanos não acreditam que os afegãos poderão manter os equipamentos.
Também seria muito caro vender ou doar o material para países aliados por causa do custo de tirá-lo do Afeganistão.
“Estamos fazendo história com isso”, afirmou o major Kurt Stein, que supervisiona a retirada do Afeganistão ao jornal. “É a maior missão de retirada da história”.
Terra/montedo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo