Copa das Confederações: Exército ocupa instalações estratégicas em Fortaleza

Exército ocupa estruturas da Capital
Exército ocupou estação de tratamento d’água
(Foto: José Leomar)
As estruturas estratégicas da Capital cearense já estão sob proteção das Forças Armadas desde a manhã de ontem. Com isso ficam garantidos o abastecimento de água, fornecimento de energia e garantia de que os sistemas de comunicação e de transporte funcionarão plenamente durante a realização da Copa das Confederações.
Um dos pontos ocupados foi a Estação de Tratamento de Água do Açude Gavião (ETA Gavião), da Companhia de Água e esgoto do ceará (Cagece), no bairro do Ancuri. O comandante da 10ª Região Militar (10ªRM), general-de-Divisão, Araújo Lima, informou que a proteção visa evitar, por exemplo, que a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) tenha o abastecimento d´água prejudicado, seja por contaminação ou por estouro da barragem através de explosivos.
Na ETA Gavião, o patrulhamento é feito pelo 16º Regimento de Cavalaria Mecanizado, de Bayeux-PB, contando ainda com a utilização de blindados. A cobertura aérea é feita com o uso de helicópteros. Lá, estão presentes militares da ´Força Carcará´, unidade de infantaria e pronto-emprego do 23º Batalhão de Caçadores (23ºBC).
Além da água, existe grande preocupação com a linha energética. Dessa forma, as Forças Armadas ocuparam também as estruturas da Companhia Hidro-Elétrica do São Francisco (Chesf) e Companhia Energética do Ceará (Coelce). Essas duas estruturas são as mais visadas por terroristas, principalmente quando acontecem eventos de grande porte, com presenças de pessoas de vários países, inclusive, chefes de Estado.
Mobilidade
O Terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé, o Aeroporto Internacional Pinto Martins, os portos do Mucuripe e Pecém, além das estações do Metrofor e os sete terminais do Sistema Integrado de Transporte (SIT) também recebem atenção das Forças Armadas.
As tropas federais ainda protegem as instalações da Embratel e de outras operadoras de telefonia celular para que nenhum ato terrorista deixe a cidade sem comunicação. “Nossa ação de proteção será feita durante toda a Copa e não somente nos dias de jogo”, ressaltou o general Araújo Lima. Ele comandou, pessoalmente, a ocupação militar, na manhã de ontem, no Gavião.
Diário do Nordeste/montedo.com

10 respostas

  1. EXMO SR DEPUTADO FEDERAL JAIR BOLSONARO, GOSTARIA DE PARTICIPAR A VOSSA SENHORIA A SITUAÇÃO DE APROXIMADAMENTE 200 MILITARES, QUE EMBARCARAM NO DIA 02/06/13 NO NDCC ALMIRANTE SABOYA COM DESTINO A CIDADE DE FORTALEZA CE, PARA PARTICIPAR DA COPA DAS CONFEDERADÕES. (SERVIÇO NO PORTO) COM PREVISÃO DE DESLOCAMENTO AO RJ NO DIA 28 DE JUNHO COM CHEGADA PREVISTA PARA O DIA 30 DE JUNHO.

    SOU ESPOSA DE UM MILITAR DO CORPO DE FUZILEIROS NAVAIS DA MARINHA DO BRASIL, E AMBOS SOMOS ELEITORES DO SENHOR.

    O MEU ESPOSO E DEMAIS MILITARES FICARAM SABENDO QUE A INSTITUIÇÃO MB, IRÁ REMUNERÁ-LOS COM IND REP VIP. PORÉM, NÃO SE APLICARIA TAL FORMA DE PAGAMENTO PARA ESTE TIPO MISSÃO.
    DE ACORDO COM A LEI DE REMUNERAÇÃO DOS MILITARES, MEDIDA PROVISÓRIA 2215-10 DE 31 DE AGOSTO DE 2001. DE ACORDO COM O ANEXO 4 DA TABELA DE AJUDA DE DE CUSTO.

    ITEM C – MILITARES COM DEPENDENTES, NAS MOVIMENTAÇÕES PARA COMISSÃO SUPERIOR A 15 DIAS E IGUAL OU INFERIOR A 03 MESES, SEM DESLIGAMENTO DE OM. UMA VEZ O VALOR DA REMUNERAÇÃO NA IDA E OUTRA NA VOLTA.

    OS MILITARES ENCONTRAM-SE EM INSTALAÇÕES PRECÁRIAS, SEM AR CONDICIONADO, SEM VENTILADORES, SEM ÁGUA ADEQUADA, COLCHÕES RASGADOS, INFESTADOS DE BARATAS, ESTÁ HAVENDO SURTO DE DIARRÉIA.
    O QUE MAIS ME IMPRESSIONA E QUE ELES ESTÃO ALOJADOS NA ESCOLA DE APRENDIZES MARINHEIROS DO CEARÁ. GOSTARIA DE PODER CONTAR COM VOSSA AJUDA, NÃO SOMENTE EU , MAS TAMBÉM AS ESPOSAS DOS DEMAIS MILITARES.

  2. Shalom!

    Diante de tudo isto estou a questionar-me; Tanta preocupação em assegurar que, todo o público (atletas, torcedores, turistas…) estejam protegidos, bem assistidos e que tudo corra bem para imagem política do Brasil. Que chego a pensar que não se deram conta das necessidades essenciais para que isto cora bem.
    Quero ressaltar algo que exige uma providência, uma consideração : As condições sub-humanas que encontram-se os militares das Forças Armadas enviados para garantir a proteção das" estruturas estratégicas da Capital cearense" Eles foram enviados e esquecido "na prática"!!!!

    Como ignorar as condições sub-humanas nas quais encontram-se estes soldados guerreiros. Que amam a sua pátria, que dão seu sangue por defender e lutar pelo bem comum de todos. E ver que o cuidado e respeito a eles, é os expor a circunstâncias inapropriadas para qualquer um ser humano. Lamentável esta situação! Estão passando por necessidades básicas (água potável, alojamento adequado, alimentação digna, remuneração, assistência médica… etc…) . Até aonde as autoridades acham que eles vão suportar a tudo isto??'?? Quem vai substituí-los? Algum se voluntário(a) a passar o sufoco que eles estão passando? Isto é desumano, inaceitável… isto é vergonhoso!

  3. Também sou esposa de um militar, a unica coisa que concordo é que juntos podemos fazer a mudança, do jeito que está não pode continuar.

    Enquanto as autoridades investem em obras que nunca terão retorno, nossos militares estão passando por situação horrendas, como citado no comentário anterior, eles sofrem por falta de ar condicionado, sem ventilador, água potável, colchões rasgados, infestação de barata, sem falar nas doenças que irão causar..e tantas outras coisas.

    Acho um tremenda sacanagem, que isso esteja acontecendo, quando aparecem imprevistos com a sociedade, ou quando alguém famoso, autoridade precisa, quem é que vai fazer a segurança?? MILITARES

    Estão sem dinheiro ate para o retorno, pois o comandante está cagando e andando, eles não são nenhum animal, nenhum bicho que podemos deixar de lado, são seres humanos.

    Muitos moram em área de risco, ficam pouco tempo com a familia, pois sempre tem a droga de uma missão, a desculpa é que devem representar o Brasil, mas que Brasil ?? Esse país falso? Corrupto?

    Bom.. acredito que muitos tem o que falar, mas nós, esposas temos que buscar fazer a diferença, já que eles não podem, ninguem pode nos calar.

    Lutando por um Brasil melhor!!
    Dilma cadê você??

  4. Temos que lutar para que os nossos militares tenham um salário digno, e o mínimo de reconhecimento pelos seus superiores e pelo seu País, já que eles passam a maior parte de suas vidas servindo a Pátria!

  5. Ao Deputado Jair Bolsonaro e demais…Quero deixar clara a minha indignação com a total falta de compromisso com os militares que foram deslocados do Rio de Janeiro para O Ceará para a segurança na Copa das Confederações…O senhor está preocupado com a segurança de quem afinal? pois nossos maridos estão á mercê da sorte em condições subhumanas na Escola de Aprendizes.Meu marido não é cachorro,ele deixou pra trás familia,sabia??? minha filha de 1 ano e meio chama por ele todos os dias e eu tenho que sufocar a vontade de chorar pq sei como essa instituição que FINGE ser dígna é apenas mais uma fonte de renda pra uma pequena maioria que rouba descaradamente as verbas federais..Qdo meu marido foi achei que podia ser uma fonte extra de renda que ridiculamente os militares são obrigados a se sujeitar pq recebem um salário vergonhoso…Não sei se meu protesto será ouvido,mas esteja certo,meu VOTO fará falta…e destes 200 militares e de suas famílias e amigos tb….pensa nisso…e faz a "CARIDADE" de mandar estes pais de família de volta pro TRONCO(Marinha no RJ)…sem mais!!!!!!!!!!!!!!

  6. Meninas, pedi ajudado pelo facebook ao Anonymous Rio. Façam o mesmo! Vou tentar umas fotos dos absurdos no local, pra divulgação. Eu vi o estado que estão. Fiquei arrasada… é desumano. Apesar de faltar somente 7 dias, essa não vai passar por despercebido!

  7. Dou meu total apoio ao comentário da Srª Lucimara, pois meu marido, também faz parte desse grupo de militares que foram para Fortaleza em Missão Especial, que de especial só tem o nome.
    Ele reclama das instalações sujas, com baratas, sem acomodação apropriada para a graduação que durante muitos anos fez por merecer, ou seja, os suboficiais e sargentos instalados nos alojamentos de marujos.
    Outro detalhe muito importante é que a Marinha do Brasil mandou esses militares pra Fortaleza sem nenhum tipo de remuneração antecipada para que eles possam se sustentar durante essa Missão Especial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo