Escolha uma Página
Governo e Exército elaboram projeto de revitalização do Cigs
Anualmente o zoológico é visitado por 150 mil pessoas, segundo informações do governo do Estado
Atração turística em Manus, zoológico do CIGS será revitalizado
O projeto está sendo desenvolvido entre governo do Estado e Exército (Divulgação/Seplan)
O Governo do Estado do Amazonas e o Exército Brasileiro estão consolidando uma parceria institucional para a revitalização do Zoologico do Cigs. A Seplan, Seinfra e Secretaria de Recursos Hídricos e Minerais – SGRHM iniciaram as tratativas do projeto que deverá ser um dos legados da Copa do Mundo de 2014 em Manaus.
Anualmente o zoológico é visitado por 150 mil pessoas. Com a revitalização será configurada uma modelagem de parque temático regional com aspectos da biosfera amazônica, dos elementos homem, selva, corpos hídricos, renovando a atual estrutura, que inclui expansão de área, heliporto, trilhas na selva, tanques para peixe boi, pirarucu e outras espécies regionais.
Projeto
Todo um arranjo institucional com organizações públicas estaduais, federais e o Exercito Brasileiro integra um grupo de trabalho que dará a nova dimensão do Zoo Cigs e uma programação relacionada com as atividades da Unidade Gestora da Copa – UGP Copa para 2014. Reuniões entre os órgãos da rede multi-institucional que está cuidando da execução do projeto, sob a responsabilidade da Seplan, estão sendo realizadas com vistas ao desenvolvimento de um plano de ações.
O projeto prevê também uma estratégia sustentável de um novo parque temático com características únicas, tendo como referencia a tradição amazônica regional e a atuação do Exercito na região.
Na próxima terça feira (05.03), na Seplan, ocorrera a primeira reunião do grupo de trabalho para estabelecer as diretrizes do projeto e sua execução. O Governo do Amazonas já dispõe de recursos para obras de revitalização e espera também agregar recursos de empresas privadas e projetos de incentivo para sustentabilidade do Zoo do Cigs, que hoje é um patrimônio da cidade de Manaus a partir do trabalho do Exercito Brasileiro.
Com informações da Agecom.
a crítica/montedo.com
Skip to content