Escolha uma Página
Bandidos assaltaram dois bancos e um carro forte em Amargosa, na Bahia.
Ações aconteceram na manhã desta segunda-feira (4); suspeitos fugiram.
Lílian Marques
Assalto a banco em Amargosa, na Bahia (Foto: AmargosaNews.com)
O Banco do Brasil, o Bradesco e um carro forte foram atacados no final da manhã desta segunda-feira (4), na cidade de Amargosa, no Recôncavo Baiano, segundo informações do 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM-Santo Antônio de Jesus), responsável pelo patrulhamento na região.
De acordo com o tenente coronel Luziel Andrade, comandante do 14ª BPM, cerca de 15 homens que usavam fardas do Exército e estavam com armas de grosso calibre chegaram à agência do Banco do Brasil no momento em que o carro forte parou para abastecer a unidade bancária e anunciaram o assalto.
O comandante informou que vários tiros foram disparados. Ninguém ficou ferido. A quadrilha chegou a formar um cordão de isolamento humano com reféns que estavam na agência para evitar a aproximação da polícia. Todos os reféns, segundo a PM, foram liberados sem ferimentos.
Ainda de acordo com a PM, os criminosos circularam pela cidade dentro do carro forte e depois abandonaram o veículo na praça principal da cidade. Eles fugiram em três carros. A polícia informou que todos os veículos utilizados durante a fuga foram abandonados e incendiados em municípios próximos à Amargosa, na tentativa de obstruir a via e impedir a passagem da polícia.
Ainda segundo a PM, os criminosos deram prosseguimento à fuga em carros que já os esperavam em locais estratégicos.
Segundo o tenente coronel Luziel Andrade, policiais militares fecham o cerco contra os envolvidos na tentativa de capturá-los. Até as 14h30 desta segunda-feira, nenhum suspeito de participar da ação foi preso. A quantia roubada não foi divulgada.
Baianópolis
O Banco do Brasil da cidade de Baianópolis, na região oeste do estado, também foi assaltado na manhã desta segunda-feira, segundo informações do 10º Batalhão da PM (Barreiras). Um suspeito de integrar a quadrilha foi preso com um fuzil nas proximidades da agência.
De acordo com a PM, cerca de oito homens armados fizeram um cordão de isolamento humano em frente à agência e assaltaram o banco. Eles deixaram o local com reféns e fugiram em direção à zona rural da cidade.
Segundo a polícia, alguns reféns foram liberados, mas durante a fuga, outras pessoas foram usadas como escudos pelos criminosos. Até as 13h desta segunda-feira, a polícia não tinha confirmação se ainda havia algum refém em poder do grupo.
Um carro utilizado na fuga da quadrilha foi abandonado e queimado na zona rural de Baianópolis. Ainda de acordo com a polícia, várias unidades da PM trabalham no cerco à quadrilha na região oeste da Bahia.
Balanço
Dados do Sindicato dos Bancários da Bahia apontam que, somente em 2013, 12 unidades bancárias foram alvo de criminosos no estado. Sete delas tiveram os caixas eletrônicos arrombados ou explodidos, e cinco foram assaltadas. O assalto ao banco de Baianópolis ainda não entrou nos registros do sindicato.
G1 BA/montedo.com
Skip to content