Escolha uma Página
Sargento do Exército morre com tiro acidental ao limpar arma, no AM
Disparo acidental atingiu a cabeça do militar no local de trabalho.
Acidente ocorreu no 12º Batalhão de Suprimentos do Exército, em Manaus.
Corpo é velado em Manaus (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)
Corpo é velado em Manaus (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)
Adneison Severiano
Um sargento do Exército de 27 anos morreu após ser atingido por um tiro quando limpava sua arma de fogo. O acidente ocorreu na manhã deste domingo (13), no 12º Batalhão de Suprimentos do Exército, Zona Oeste de Manaus. O militar servia no local e atuava na área de Engenharia.
De acordo com o capitão do Exército Gustavo Geolon, do Comando Militar da Amazônia (CMA), o acidente ocorreu por volta das 8h10, logo depois do sargento passar o serviço, quando o militar fazia a limpeza da pistola nove milímetros que usava.
“Na hora que estava conferindo a munição para entregar o armamento, ele acabou efetuando um disparo acidental que atingiu a cabeça. O sargento chegou a ser socorrido pelo Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] e levado ao Hospital 28 de Agosto, mas adentrou morto na unidade”, relatou capitão Geolon.
O capitão informou que esse tipo de acidente nunca ocorreu no Amazonas, mas há histórico em outros estados. A prevenção é um dos aspectos abordados durante o treinamento dos militares. “Todo militar é perito no armamento que utiliza. O sargento tinha recebido o treinamento para fuzil e pistola de 9 milímetros”, assegurou Geolon.
Natural do município de Óbidos no Pará, o sargento tinha uma irmã que reside em Manaus e que foi acionada para realizar os procedimentos legais.
G1 AM/montedo.com

Nota do editor:

O 3º Sargento Luis Diolan da Cunha Vieira era STT de Manutenção de Comunicações (Técnico em eletricidade e eletrotécnica) e servia no 12º B Sup desde abril de 2009.
Skip to content