Escolha uma Página
Corpo de militar morto em acidente desaparece de hospital no RJ
Hospital da Posse diz que corpo foi levado pelos bombeiros para o IML.
Douglas da Silva, de 19 anos, morreu após acidente de moto, no domingo..
O corpo do militar do Exército Douglas da Silva, de 19 anos, desapareceu do Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. No domingo (16), o jovem sofreu um acidente de moto e morreu, conforme mostrou o RJTV. A família registrou o caso na 58ª DP (Posse).
O Hospital da Posse informou que a remoção do corpo de Douglas foi feita pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com o hospital, a responsabilidade pela localização do corpo é da corporação ou do Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu, para onde o corpo foi levado.
O Corpo de Bombeiros informou que documentos comprovam a entrega do corpo ao IML. A Polícia Civil, responsável pelo IML, informou que não foi possível fazer a identificação pelas digitais e que o estado de decomposição avançado não bate com a data da morte informada pelo Hospital da Posse. Segundo o IML, a confirmação da identidade só será possível através de exame de DNA.
Na 58ª DP (Posse), foi instaurado um inquérito para apurar o crime de ocultação de cadáver.
Segundo os familiares de Douglas, um amigo também estava com ele no momento do acidente. A equipe médica informou que ele teve traumatismo craniano e morte cerebral. Segundo a mãe adotiva dele, Márcia Regina da Silva, Douglas era um exemplo de filho. “Ele era um menino muito bom, não me desobedecia nem me respondia”, disse.
A irmã de Douglas, Jéssica da Silva disse que foi a última pessoa a vê-lo no hospital. “Os batimentos cardíacos estavam normais, a pressão estava 11 por 7 . A menina falou que o estado dele era o mesmo: grave, mas estava estável. Ele não estava nem melhorando nem piorando”, contou.
Jéssica acrescentou que quando foi fazer o reconhecimento do corpo, descobriu que não era do seu irmão. “Ele tem uma queimadura na perna e o corpo não tinha essa queimadura e o cadáver era calvo e ele não era calvo”, completou.
A família do jovem disse ainda que a ouvidoria do hospital não sabe dizer o que aconteceu com o corpo de Douglas. O amigo quer estava na moto com ele, teve uma fratura no fêmur e permanecia internado até as 7h30 desta quinta-feira (20).
G1/montedo.com
Skip to content