Escolha uma Página
Soldado da AFA é suspeito de falsificar carimbos e receitas médicas
Ele e outras três pessoas foram presas em Pirassununga, SP.
A mulher e o filho do soldado estão entre os detidos nesta quarta.
Material usado pelo grupo de Pirassununga foi apreendido pela polícia (Foto: Ademir Naressi)
Material usado pelo grupo de Pirassununga foi apreendido pela polícia (Foto: Ademir Naressi)
Quatro pessoas foram presas em Pirassununga (SP), nesta quarta-feira (14), suspeitas de falsificar receituários e carimbos de médicos e revender clandestinamente. O grupo estava sendo investigado desde 2009.
Segundo a Polícia Civil, um enfermeiro, que é soldado da Academia de Força Aérea (AFA), a mulher dele e o filho são acusados de subtrair as receitas de dentro de Santa Casa da cidade. Na época, depois de uma dessas vendas, uma mulher fez um aborto e morreu.
Além das quatro pessoas presas, uma quinta está sendo procurada. Computadores e documentos foram apreendidos. O soldado está preso dentro da própria AFA. As mulheres estão na Cadeia Pública de Leme (SP) e o filho do enfermeiro aguarda na cadeia de Pirassununga (SP).
Skip to content