Escolha uma Página
Desse total, estado do Rio terá apoio de 6,5 mil homens
ISABEL BRAGA
Entre 35 mil e 40 mil homens do Exército, Marinha e Aeronáutica irão reforçar a segurança para as eleições municipais neste domingo. Desse total, um contingente menor será destinado ao apoio logístico, e a grande maioria para a garantia da lei e da ordem em municípios que solicitaram apoio de forças federais. Segundo o ministério da Defesa, uma parte desses militares ficará de prontidão em cinco bases espalhadas pelo Brasil. Deste total, 6,5 mil estarão atuando no estado do Rio de Janeiro.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já liberou R$ 19,2 milhões para este tipo de gasto, mas neste valor não está incluído a despesa com as tropas já enviadas para a Zona Oeste e o Complexo da Maré desde o início da semana. Foram enviados e colocados à disposição, para estas duas áreas do Rio, desde o dia 30 de setembro, 3 mil militares e estão sendo empregados no momento 2,4 mil.
Segundo o ministério, no caso do Rio serão 5,5 mil militares do Exército para a segurança na Zona Oeste do Rio, Magé, Itaboraí, Campos dos Goytacazes, Macaé e Rio das Ostras. E outros 1 mil fuzileiros da Marinha para atuar no Complexo da Maré, São Gonçalo e Cabo Frio.
Até a última terça-feira, o TSE já havia aprovado o envio de tropas federais para 268 municípios em 10 estados e rejeitado o pedido em 161 deles. Ainda havia pedidos pendentes de votação, que poderiam ser analisados na sessão de ontem à noite ou aprovados, de ofício, até mesmo no dia da eleição.
Segundo a Defesa, o envio, se necessário, poderá ser viabilizado por meio de deslocamento de uma das cinco bases militares de plantão que estarão em Brasília, Rio de janeiro, Porto Velho, Manaus e Belém.
Além do envio de tropas para segurança das eleições, os militares também ajudam na logística da eleição, por exemplo, levando urnas para locais distantes. Desde anteontem já começaram a levar urnas para localidades distantes, no estado do Acre, por exemplo. Nestas eleições, segundo o Ministério da Defesa, haverá apoio logístico militar em 76 municípios brasileiros.
O Globo/montedo.com
Skip to content