Escolha uma Página
Traficantes atiram para o alto com chegada do Exército em favelas de Santa Cruz
Militares entraram em Rola e Antares, zona oeste, com helicóptero e tanque blindado
Homens do Exército foram recebidos a tiros, mas não reagiram. Foto Jadson Marques / R7
Traficantes atiraram para o alto na manhã desta quinta-feira (4) devido à chegada do Exército nas favelas do Rola e Antares, zona oeste do Rio de Janeiro, para reforçar a segurança durante as eleições municipais de domingo (7).
De acordo com as primeiras informações, os militares não reagiram. O Exército usou um tanque blindado e um helicóptero para entrar nas comunidades.
A programação do Centro de Controle e Comando das Eleições 2012 é de que o Exército ocupe, nesta quinta, as comunidades Anil, Tirol e Antares, todas na zona oeste. Já os soldados da Marinha vão para Nova Holanda, na Maré, zona norte.
Até o domingo, a operação das tropas será contra a propaganda ilegal. No dia das eleições, as Forças Armadas ficarão dispostas no entorno dos locais de votação para combater a boca de urna.
Cerca de 3.000 soldados das Forças Armadas vão atuar na capital, nas cidades de Campos dos Goytacazes e Macaé, no norte fluminense, Magé, na Baixada Fluminense, São Gonçalo e Itaboraí, na região metropolitana, Cabo Frio, na região dos Lagos, e Rio das Ostras, na região das Baixadas Litorâneas.
R7/montedo.com
Skip to content