Escolha uma Página
Sargento do Exército é preso após agredir vítima com facão
Confusão ocorreu após fechada em cruzamento da rua Hermelino Matarazzo
Marcelo Roma
Uma briga de trânsito fez o sargento do Exército, Everton Leandro Sangoi, 35 anos, agir com violência. Ele está preso acusado de tentar matar Fernando Fuglini Machado, 34, na esquina da rua Hermelino Matarazzo com a rua Santa Rosália, no Além-Linha. O crime aconteceu às 18h30 de sábado. Fernando sofreu ferimento com facão na cabeça. Um dos golpes teria atravessado o crânio e atingido massa encefálica. Ele dirigia uma van modelo Kia Besta e o militar um Peugeot, cujo modelo não está identificado no boletim de ocorrência.
Everton disse à polícia que foi fechado pelo motorista da van, que o xingou e veio em sua direção. Ele pegou o facão que levava no carro e atacou Fernando, que foi socorrido inconsciente e em estado grave. Os golpes teriam atingido outras partes do corpo da vítima, que está internada no Hospital Regional.
O acidente seguido de tentativa de homicídio causou tumulto no cruzamento. Policiais militares detiveram Everton, que se apresentou como sargento do Exército. Ele foi autuado em flagrante de tentativa de homicídio na delegacia do plantão norte, pelo delegado Marcelo Almagro dos Santos.
Um oficial do Exército acompanhou a elaboração do flagrante da Polícia Civil. Por sua condição de militar, Everton saiu da delegacia preso pela polícia do Exército. Ele deve permanecer detido no quartel do 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve – Regimento Deodoro, em Itu. Fernando mora na Vila Garcia, em Votorantim, e apesar do ferimento no crânio, não corre risco de morte. Conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Saúde, ele sofreu traumatismo intracraniano e seu quadro era considerado estável.
Cruzeiro do Sul/montedo.com
Skip to content