Escolha uma Página
PM que disparou contra oficiais da Aeronáutica é expulso
Rio – O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, encaminhou nesta quarta-feira à Casa Civil um processo administrativo para efetivar a perda do posto e da patente do Capitão PM André Luiz de Oliveira Milagres, do 38º BPM (Três Rios), conforme decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.
Ele será demitido da corporação, pois se envolveu num grave incidente, ocorrido em 24 de junho de 2007. Na ocasião, policiais militares fizeram vários disparos contra um carro em que estavam dois oficiais da Aeronáutica, confudindo-os com ladrões.
O capitão André Luiz de Oliveira Milagres era o chefe desta equipe de PMs. As duas vítimas foram internadas em estado grave no Hospital Rocha Faria. O então tenente Douglas Marques sobreviveu, mas sua mulher, a tenente Larissa Carolina, morreu.
Os dois foram atingidos pelos tiros à noite quando estavam a caminho da 35ª DP (Campo Grande), onde iriam informar a recuperação de seu carro, que havia sido roubado pela manhã na Vila Vintém, em Padre Miguel.
O Dia Online/montedo.com
Skip to content