Escolha uma Página
Argentina e Brasil realizam manobras militares conjuntas
Brasil comparecerá com cerca de 260 militares e 84 viaturas do Exército
Argentina e Brasil realizam manobras militares conjuntas Comunicação Social da 1ª 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada/
Manobras estavam sendo preparadas desde julho de 2011
Foto: Comunicação Social da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada
Humberto Trezzi – [email protected]
Tropas brasileiras cruzam hoje o Rio Uruguai, no Rio Grande do Sul, para exercícios militares conjuntos com o Exército Argentino. Desde o século 19, essas são as primeiras manobras, ambientadas num quadro de guerra convencional, realizadas entre os dois países. Há cerca de 15 anos foram realizados outros exercícios, mas adaptados apenas a Forças de Manutenção de Paz.
Os exercícios militares dos dois maiores países do Mercosul nada tem a ver com a instabilidade política que sacode o Paraguai, alerta um oficial graduado do Comando Militar do Sul. As manobras estavam sendo preparadas desde julho de 2011, quando começaram as reuniões entre os Estados-Maiores dos exércitos argentino e brasileiro. A previsão é que as atividades terminem dia 30.
Os exercícios militares serão realizados na cidade de Apóstoles, província de Misiones (Argentina), cidade situada a cerca de 100 quilômetros de São Borja (RS). O Brasil comparecerá com cerca de 260 militares e 84 viaturas do Exército, todos do Esquadrão de Cavalaria Mecanizado da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, sediada no Rio Grande do Sul. Da parte do Exército Argentino, participarão o 30º Batalhão de Infantaria de Monte e três Companhias de Caçadores da Brigada de Infantaria de Monte nº XII.
Os brasileiros comparecerão com blindados e viaturas de transporte de pessoal.
As tropas brasileiras são comandadas pelo General de Brigada Valério Stumpf Trindade, comandante da 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada. O chefe do Comando Militar do Sul, General de Exército Carlos Bolivar Goellner, supervisionará as atividades.
Trindade ressalta que os militares brasileiros conduzirão um moderno equipamento de comando e controle, recentemente recebido pelo Exército, que garante entrosamento permanente entre os diversos escalões de comando.
ZERO HORA/montedo.com
Skip to content