Escolha uma Página
Guiné Bissau
Ainda é “prematuro” definir formação da Força de Paz – Brasil
O ministro das Relações Exteriores do Brasil, António Patriota, afirmou hoje ainda ser cedo para definir a composição da Força de Paz que deverá ser enviada à Guiné-Bissau, mas não descartou a possibilidade de uma participação brasileira.
“Ainda é um pouco prematuro determinar sobre a composição de uma força de paz [para a Guiné-Bissau]”, afirmou Patriota, citado pela Agência Brasil, sublinhando que este é um tema que “preocupa muito” o Governo Brasileiro.
O ministro deverá viajar este fim-de-semana à Etiópia, onde participará, segunda-feira, nas reuniões da União Africana (UA).
O ministro brasileiro defendeu ainda que a comunidade internacional, em especial os grupos regionais, busque uma solução negociada para a instabilidade iniciada após o golpe militar ocorrido no último dia 12 de Abril, na Guiné-Bissau.
Angola Press/montedo.com
Skip to content