Escolha uma Página
Sargento perde braço após tiro acidental de tanque de guerra em RR
Disparo ocorreu na passagem de comando do 12º Esquadrão de Cavalaria.
Viatura Blindada de Reconhecimento estava com munição 90mm de festim.

Glauco Araújo
Fachada da Brigada de Infantaria de Selva, em Boa Vista (Foto: Reprodução/TV Roraima)
O sargento Petrônio Vieira Crisóstomo perdeu o braço esquerdo após ser atingido por um disparo acidental de um blindado de guerra – que estava com munição de festim -, na manhã desta quarta-feira (18), em Boa Vista. O acidente aconteceu durante a cerimônia de passagem de comando do 12º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado, em Roraima.
No momento do acidente, o major Diego Paim, comandante anterior, passava o cargo para o major Sérgio Firmino. O comando da 1ª Brigada de Infantaria de Selva divulgou nota lamentando o ocorrido.
Segundo o documento, o sargento estava no interior do blindado e foi atingido por um disparo acidental do canhão de 90 milímetros do veículo. “A munição de salva (festim), provocou grave lesão no seu braço esquerdo e a sua consequente amputação. O sargento encontra-se hospitalizado e não corre risco de morrer.”
O Exército informou ainda que as providências periciais e administrativas foram adotadas e um Inquérito Policial Militar foi instaurado para apurar a causa do acidente. A família do militar está recebendo apoio necessário, segundo a corporação.
G1/montedo.com (colaborou: Ganacha)
Skip to content