Escolha uma Página
DESPEDIDA
Corpo de sargento que morreu ao saltar de paraquedas é enterrado
O corpo do sargento Adriano Antunes Gomes, de 38 anos, foi sepultado às 16h30 de hoje, em Rio Bonito, na Região dos Lagos. Ele morreu na manhã de quarta-feira, depois de saltar de um avião no Aeroporto Municipal das Agulhas Negras, em Resende. A informação é da Aman (Academia Militar das Agulhas Negras).
O sargento bateu na aeronave na hora do salto e chegou ao chão inconsciente. Ele foi socorrido por volta das 11h, no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) de um hospital particular de Resende, mas morreu uma hora depois de ser internado.
O militar teve duas vértebras na altura do pescoço rompidas. Ele era do Batalhão de Dobragem, Manutenção de Paraquedas e Suprimentos pelo Ar do Rio de Janeiro, e apoiava o estágio básico de salto livre.
Leia também:

O comandante da Aman, Júlio César de Arruda, disse que Adriano Antunes era experiente, com bastante saltos livres. O militar informou que, provavelmente, o sargento ao sair da aeronave deve ter se chocado com a parte da fuselagem do avião.
– O paraquedas tem um dispositivo automático de abertura, que acionou o paraquedas reserva – disse o comandante da Aman.
Será instaurado um inquérito policial militar pelo Exército e um outro pela Polícia Civil. O corpo foi liberado na madrugada de hoje do IML (Instituto Médico legal) de Resende, e seguiu para Rio Bonito, cidade natal do sargento.
Diário do Vale/montedo.com
Skip to content