Escolha uma Página
EUA aliviam restrições às mulheres no Exército

Os militares dos EUA nesta quinta-feira vão aliviar algumas restrições às mulheres em combate, abrindo milhares de empregos nas Forças Armadas que não eram permitidos ao sexo feminino, disse um funcionário da Defesa dos EUA nesta quarta-feira.
O movimento é um marco para os militares norte-americanos, retirando proibições impostas às mulheres desde 1970. “O departamento planeja abrir amanhã [hoje] 14.000 postos de trabalho, anteriormente restritos aos homens”, disse um oficial sênior do departamento de Defesa.
O funcionário, que falou em condição de anonimato, descreveu a mudança como um primeiro passo, e que, com o passar do tempo, possivelmente, novos postos deverão ser estendidos também à mulheres.
As mudanças aplicam-se principalmente ao Exército, bem como à Marinha norte-americana, acrescentou o oficial. A Força Aérea e a Marinha já têm poucas restrições ao sexo feminino, após uma decisão de 2010, que abriu as portas para que mulheres prestassem serviços em submarinos.
O Pentágono deve comunicar formalmente a mudança ao Congresso nesta quinta-feira, dando aos legisladores um breve período para atrasar ou bloquear a medida antes que ela entre em vigor. As informações são da Dow Jones.
Skip to content