Escolha uma Página

O blogueiro carioca Ricardo Gama falou há pouco com Marco Prisco, líder dos PMs que ocupam a Assembléia Legislativa da Bahia.
O soldado diz que, em caso de invasão, “vai ser um derramamento de sangue jamais visto na história deste País. […] As mulheres e as crianças vão morrer aqui.”
Prisco diz que é ‘da paz’ mas não responde pelos demais. Tá bom.

Então é isso: um bando de militares armados invade um prédio público, permite que mulheres e crianças participem da ocupação e depois as usam covardemente como escudo para evitar a ação das Forças Armadas, que visa cumprir a lei. Se acontecer algo, o culpado já está escolhido: o Exército.
No mais, Gama está certíssimo quando lembra que Wagner e Lula apoiaram a greve em 2001, quando eram oposição.

Skip to content