O “bixo pega” à partir dos 07:00 e 10:00. No mais, parabéns ao Exército Brasileiro pelo profissionalismo e competência, mesmo com todas interpéries… 
Uma imagem do sistema Astros II, que possui alcance efectivo entre os 30 aos 120km, dependendo da versão, com a versão de mísseis de cruzeiro com alcance de 300km (TM AV-300-km) a passar por estagio de teste e certificação:

Excerto do Wikipedia, sobre o sistema Astros II:

Guerra no Iraque:

O maior elogio ao sistema ASTROS foi feito pelas forças americanas quando da primeira guerra do golfo. Nessa altura, quando se tentava encontrar as posições dos tanques e carros de combate do Iraque, era da maior importância, para os militares norte-americanos, ter a garantia de que o Iraque não poderia utilizar os seus ASTROS, ou que a sua capacidade para os utilizar estava muito debilitada.


Sistema Astros II usados pelo Iraque durante a Guerra do Golfo

Esta atuação por parte dos americanos foi um reconhecimento da capacidade e letalidade do sistema que, podendo ser utilizado, poderia com o seu alcance e enorme capacidade destrutiva, bombardear as grandes unidades que se preparavam para a operação Tempestade no Deserto. Essa operação só teve o seu inicio quando os comandos americanos receberam confirmação da Força Aérea de que não teriam que enfrentar os ASTROS.

Fonte:Wikipédia

Adrenaline/montedo.com