Escolha uma Página
Dilma afirma que Polícia Federal e Exército apreenderam o equivalente a 8 carretas de drogas
Plano Estratégico de Fronteiras apreendeu 62 toneladas de entorpecentes em quatro meses
A presidente Dilma Rousseff afirmou na manhã desta segunda-feira (10), no programa Café Com a Presidenta, que o Exército apreendeu o equivalente a oito carretas de drogas nas fronteiras brasileiras em duas operações coordenadas pelo vice-presidente Michel Temer por meio do Plano Estratégico de Fronteiras.
– Temos tido um resultado muito positivo no combate a esse contrabando. Nas duas operações que fazem parte do plano – a Operação Sentinela, liderada pela Polícia Federal; e a Operação Ágata, pelas Forças Armadas – já foram apreendidas mais de 62 toneladas de drogas nos últimos quatro meses.
Ela disse que a droga seria suficiente “para encher oito carretas”.
– Isso tudo significa que nós conseguimos evitar que uma quantidade grande de maconha, de cocaína e outras drogas chegasse às cidades brasileiras.
Ela lembrou que o Plano, “uma experiência inédita”, que está sendo coordenadp pelo vice-presidente Michel Temer, “junto com os ministérios da Defesa e da Justiça”.
– A Operação Ágata, para você ter uma ideia, funciona assim: as Forças Armadas chegam de surpresa, de forma ostensiva e realizam uma ação de impacto em pontos da fronteira. É uma ação temporária, localizada, mas que reforça visivelmente a presença do Estado em regiões onde identificamos a atuação de traficantes, contrabandistas e quadrilhas.Justiça, os agentes ficam instalados em pontos estratégicos da fronteira, fazendo policiamento permanente.
– Nesses quatro meses, a Operação Sentinela apreendeu 65 mil munições e 300 armas […] e 3 mil prisões em flagrante. O interessante é que uma operação complementa a outra. Enquanto a Operação Ágata mostra a força de um Estado atento, a Operação Sentinela faz o trabalho cotidiano, permanente, de investigação e informação.
Na Amazônia, foi desativado um garimpo ilegal, escondido em uma área indígena. Já na divisa do Brasil com o Paraguai, Argentina e Uruguai, “foram apreendidos 650kg de explosivos, além de armas, munições e drogas”.
A Operação Sentinela “tem características diferentes, ela é permanente”. Coordenada pelo Ministério da R7
Skip to content