Escolha uma Página
No site do Ministério da Defesa, o titular da pasta volta a ser Nelson Jobim

Mais de um mês depois da queda de Nelson Jobim, a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa resgatou o antigo ministro. Na agenda ministerial de quinta-feira, divulgada na noite desta quarta, o site do ministério traz o nome de Nelson Jobim, em vez do atual titular, Celso Amorim.
Jobim caiu no mês passado por falar demais. Em entrevista à revista “Piauí” , ele disse que a ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, é “muito fraquinha” e que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, “nem sequer conhece Brasília”. O que mais irritou a presidente Dilma Rousseff na época, no entanto, foi o diálogo sobre o ex-deputado José Genoino (PT-SP). Na revista, o próprio Jobim conta que quando sugeriu o nome do petista para assessorá-lo no ministério, a presidente perguntou se ele seria mesmo útil, e ele respondeu: “Presidente, quem sabe se ele pode ou não ser útil, sou eu”.
Skip to content