Escolha uma Página
Detran forma oficiais para a primeira auto-escola militar do Brasil
Terminou nesta quinta-feira (25), em Curitiba, o curso de capacitação dos 40 oficiais que atuarão no Centro de Formação de Condutores Militares do Paraná, voltado exclusivamente para motoristas com funções ligadas à segurança pública. O CFC Militar vai funcionar como uma auto-escola para atender policiais e oficiais do Exército Brasileiro e do Corpo de Bombeiros que precisem alterar a categoria da Carteira Nacional de Habilitação e também na formação de novos oficiais que serão contratados pelo Governo do Estado, como parte do programa Paraná Seguro. 
O curso foi promovido pelo Departamento de Trânsito do Paraná, em parceria com o comando-geral da PM. “A criação segue a determinação do governador Beto Richa para a capacitação profissional dos policiais paranaenses. O objetivo é ter uma equipe altamente qualificada, capaz de levar esses conhecimentos para a formação dos condutores que trabalham diretamente na proteção da nossa população”, destacou o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, durante a entrega dos certificados, em solenidade na Academia Policial do Guatupê. 
Os formandos ocuparão funções como de diretor-geral, diretor de ensino, examinador e instrutor de trânsito. A implantação segue uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e o CFC Militar deve substituir as atuais Comissões de Habilitação, que funcionam em todo o Estado, sem que haja uma uniformização dos conteúdos aplicados. 
AULAS 
As aulas teóricas e práticas de direção para os profissionais de segurança pública, por meio da nova instituição, estão programadas para começar em outubro, para oficiais de Curitiba. Nas demais regiões o início das atividades será gradual. “As formações ocorrerão nos comandos regionais em Curitiba, Maringá, Ponta Grossa, Londrina e Cascavel”, explica o capitão Fernando Klemps, assessor militar do Detran. 
No curso serão aplicados, além dos conteúdos básicos, como legislação de trânsito e direção defensiva, aulas práticas em veículos da polícia e em ambientes especiais para desenvolver habilidades necessárias para as atividades de segurança.
AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DO PARANÁ
Skip to content