Escolha uma Página
Recebi na área de comentários a manifestação indignada de Dona Ivone Luzardo, líder da UNEMFA (União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas), a respeito do acidente aéreo ocorrido ontem em Santa Catarina, que vitimou oito pessoas, sendo sete militares. Seus questionamentos ensejam uma profunda reflexão. Confiram:

Ivone Luzardo
Deixo aqui registrado o meu profundo pesar aos familiares e amigos das vítimas desse trágico acidente.
Pergunto:
– Qual é mesmo o ano de fabricação dessa aeronave?
– Por que o Ministro da Defesa aceitou que o corte de 40% do orçamento destinado as FFAA?
– Por que os Comandos Militares não reagiram?
Está aí o resultado. É Inadmissível continuarmos calados diante do sucateamento que impera nas FFAA. Não é primeira vez que militares morrem por sucateamento. Alguém já esqueceu do navio São Paulo?
Sinto uma revolta tão grande. Dá vontade de pular no gogó do governo e seus asseclas e dar um basta nisso tudo. Meu sangue ferve indignado numa alma ferida. São milhares de vidas correndo perigo todos os dias! Milhares! Assim não dá.
Até quando os militares vão permanecer calados sufocados por um estatuto arcaico que limita o seu direito de ir e vir? Quantos mais terão que morrer?
Já passou da hora de se posicionarem. Acordem! Reajam!
Skip to content