Escolha uma Página
Comandante do Exército vira alvo de investigação
Leonardo Carvalho – 18.jan.2010/Folhapress
O comandante do Exército, general Enzo Martins Peri
O comandante do Exército, general Enzo Martins Peri, e mais sete generais viraram alvo de investigação da Procuradoria-Geral de Justiça Militar sob suspeita de participação em fraudes em obras executadas pelo Exército
Os oficiais comandaram o DEC (Departamento de Engenharia e Construção) e o IME (Instituto Militar de Engenharia) entre 2004 e 2009, período em que o Exército firmou vários convênios com o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para realizar obras em rodovias.
Um grupo de engenheiros e contadores chefiados pela promotora Ione de Souza Cruz, do Ministério Público Militar, apontou indícios de fraude em 88 licitações feitas pelo Exército para executar obras do Ministério dos Transportes e apontou desvios de recursos públicos no valor de R$ 11 milhões.
Em nota, o Centro de Comunicação do Exército afirmou que não tem conhecimento da investigação e que “não cabe à Força e nem aos militares citados emitir qualquer tipo de posicionamento sobre o assunto”.
Skip to content