Escolha uma Página
Um médico foi preso na noite desta quarta-feira (27) no Hospital Paulino Werneck, na Ilha do Governador(RJ), acusado de desacato à autoridade por policiais do Batalhão da Ilha do Governador (17º BPM).
Os PMs foram chamados ao local por pacientes que disseram que o médico estava se recusando a prestar atendimento à população.
Segundo a polícia, em determinado momento, o médico, que também é capitão-tenente da Marinha, teria desacatado os agentes.
O clínico-geral foi encaminhado à delegacia da Ilha do Governador (37ª DP), onde foi autuado pelo crime de desacato à autoridade. Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida.
R7
Skip to content